terça-feira, fevereiro 01, 2011

grão a grão...

bobina, olha para a dona, pequenita: vamos acabar com as bolachinhas e as línguas de gato da dona noémia, ok? a partir de hoje acabaram as guloseimas lá do prédio. e os restos das costeletas da vizinha graça, nem se fala. acabaram os ladrares ininterruptos lá fora a achamar as tuas amigas, que não te resistem.

sem querer ofender ou pôr em causa a tua graça natural, não há outra maneira de dizer isto: estás uma lontra, bobina. pronto, uma lontrinha. uma foca. valha-te a agilidade e a energia inesgotáveis, mas essas ancas já não passam em lado nenhum e já nem para o banco de trás do carro consegues saltar. coisa que em tempo fazias com toda a genica e como se fosse a coisa mais fácil do mundo.

pequenita, hoje à tarde vais com a dona bater às portas todas do prédio, para mostrar esse lombinho a todos os vizinhos, e pedir, por motivos de saúde, que não te deem nem mais uma migalhinha. e prepara-te... vais ladrar à vontade lá fora, até perder a voz, mas acabou-se a papa doce.

2 comentários:

Fallen, The Countess disse...

Ahahahahahahah boa sorte com isso!!

mary-john disse...

thanks! :)
já se nota o minguar da largura do lombinho!