quinta-feira, novembro 18, 2010

toda a verdade...

vamos assumir que a bobina:

- é ansiosa/ nervosa por natureza, e não por algum trauma fruto do abandono;
- foi abandonada, não há volta a dar, mas tão depressa encontrou quem a acolhesse, que nem se apercebeu do que aconteceu;
- não conserva réstia de liagação aos eventuais "donos" anteriores;
- vê em mim "a dona";
- tem por mim uma devoção sem fim;
- não se sente segura nem tranquila quando entregue aos cuidados de qualquer pessoa na ausência da dona;
- sente-se segura e tranquila quando entregue aos cuidados da avó raquel, em casa dela (da bobina);

vamos assumir tudo isto, para que eu possa compreender pelo menos um bocadinho por que carga d'água, veio esta encomenda parar à minha vida. há dias em que me dá para pensar nisto. eu cá arranjo as minhas conclusões...

3 comentários:

MAG disse...

Engraçado com a minha Arwen foi igual. Também a apanhei da rua e ela adora-nos mas tem de estar sempre ao nosso lado ou mesmo no meio de nós e é super stressadinha. Bjs

Fallen, The Countess disse...

Não consigo deixar de ler as peripécias da sua cadela, são um must!! Vi o link no facebook e vim cuscar... Parabéns!

mary-john disse...

Obrigada pelas palavras!
É sempre bom receber visitas novas, ou não adorasse a bobina ter muita gente à volta :)