sexta-feira, novembro 13, 2009

bad day...

há dias em que tudo se desfaz por dentro. até as palavras.

um vazio interior e uma névoa mental, que se cortam apenas com uma dúvida momentânea: se consigo passar um dia de trabalho de forma razoável, com uma maquina de lavar a centrifugar roupa preta no estômago e com o coração esmagadinho contra as paredes que o envolvem, sem espaço para se espreguiçar e respirar no ritmo habitual... por que raio me desfaço eu em lágrimas quando, já em casa, me confortam com um simples "anima-te"?