domingo, fevereiro 22, 2009

no sleep 'till brooklyn......

sempre me disseram que os cães dormem muito. a d. manuela, que vive por cima de mim, no 1ºesq, queixa-se de que a cadela dela, a lady, dorme o dia todo. anda deprimida, parece. não desejo o mesmo à bobina, mas se ela dormisse pelo menos mais um bocadinho, nem pedia muito, mas só mais um bocadinho, não vinha mal ao mundo por causa disso.

pegando no exemplo concreto do dia de hoje: a bobina levantou-se às 8h30, ao mesmo tempo que a dona, como é costume. apanhou banhos de sol em cima da mesa, e andou por aí a cirandar entre o quintal e o resto da casa até às 15h, hora em que foi passear. fomos ao jardim, ao parque e andámos pelas redondezas ao bom estilo turístico. às 16h30 estávamos de volta à casa da partida. eu aterrei na espreguiçadeira lá fora até ter atacado a jardinagem. ela estendeu-se no chão, ainda quente do sol, até a água ter começado a sair da mangueira. assistiu à rega dos canteiros, refastelada no tapete da cozinha, rodeada dos brinquedos, e abrigada de qualquer gota de água que lhe pudesse atingir o pêlo, já dourado do sol. dormir? nada.

venho então sentar-me no sofá e dar andamento ao trabalho que está em falta para amanhã de manhã. ela segue-me. e como se nada fosse, deita-se de livre e espontânea vontade na cama dela e.... DORME!!! dorme profundamente. por fim, o sossego. que não durou mais do que uns bons 15 minutos. e mal se levantou, olhou para mim, sacudiu o pêlo e saiu a correr em direcção à cozinha. depois de uns goles de água, está de novo em forma para recomeçar as correrias desenfreadas. e quando digo desenfreada não estou a exagerar, porque não há travões que a impeçam de ir contra as portas, nem contra nada.

o que vale é que de noite não tem insónias.

3 comentários:

Joaquim Ribeiro disse...

Aproveito para promover o meu blogue Espírito de Contradição, em: www.joaquimribeiro.wordpress.com

Impéck disse...

aproveito para dizer que a Bobina é aquela cadela por quem nos apaixonemos à 1ª vista. eu falo por mim. gosto dela curiosa, rebelde e desenfreada! è assim que devem ser os nossos cães. beijos

Anónimo disse...

Como todos Os canideos...curiosos. rebeldes e desenfreados...