quinta-feira, novembro 05, 2009

dog's 10 commandments...

ou sou eu que ando com as emoções demasiado à flor da pele, ou já estou tão infiltrada nessa coisa fascino-magnífica que é a mente canina, que já não tenho como regressar ao que um dia foi a minha vida sem esta malta de quatro patas por perto. das duas uma. ou as duas.

Diz que a bobina, se falasse, dir-me-ia isto, no dia em que tivessemos uma conversa séria:

1. A minha vida deve durar 10/15 anos. Qualquer separação será muito dolorosa para mim.
2. Dá-me tempo para que eu possa perceber o que queres de mim.
3. Tem confiança em mim. É fundamental para o meu bem estar.
4. Não fiques zangada comigo por muito tempo. Não me prendas em nenhum lugar como punição. Tu tens o teu trabalho, os teus amigos, as tuas diversões. Eu só te tenho a ti.
5. Fala comigo de vez em quando. Mesmo que eu não entenda as tuas palavras, compreendo muito bem o teu tom de voz e sinto o que estás a dizer-me. Isso ficará gravado em mim para sempre.
6. Antes de me bateres lembra-te que tenho dentes que podem ferir-te seriamente, mas que nunca vou usá-los em ti.
7. Antes de me censurares por andar vadia, preguiçosa ou teimosa, pergunta antes se há alguma coisa a incomodar-me. Talvez não esteja a alimentar-me bem. Posso estar constipada. O meu coração pode estar a ficar velho e cansado.
8. Cuida de mim quando eu for velha. Tu também vais ser.
9. Não te afastes de mim nos meus momentos difíceis ou dolorosos. Nunca digas "prefiro não ver" ou "faz quando eu não estiver presente".
10. Tudo é mais fácil para mim se estiveres ao meu lado.

o que me falta em palavras, sobra-me em lágrimas.
e enquanto revejo mentalmente se tenho cumprido todos os mandamentos caninos, a bobina corre desalmadamente para trás e para frente com uma meia na boca. a meia dela.

5 comentários:

lisabel disse...

Já estou com as lágrimas nojólhos... : )

mary-john disse...

assim já não me sinto tão "caninizada" :)

obrigada pela solidariedade, gamma!

Impéck33 disse...

Já chorei carago! beijos às 2

Cibele Chaves disse...

Agora fiquei aqui a olhar para os meus cães com remorsos dos momentos em que os ameaço com um voo até ao rés do chão!Coitadinhos,às vezes tiram-me do sério mas fui eu que os trouxe para cá...

Olha, esse mandamento de eles perceberem o tom de voz é bem verdade! Quando o Benny faz asneira, lá vai ele por sua iniciativa para o cantinho do castigo como os putos :)

mary-john disse...

:)
esta dedicação total contagia-nos de tal maneira que quando damos por isso estamos dependentes do "tic tic tic" das patinhas para todo o lado e a toda a hora.