quinta-feira, agosto 13, 2009

home sweet home...

faz hoje um ano que a bobina deu à costa ali para os lados de chelas. sem coleira, sem chip, sem dono, ainda hoje nao sei como a senhora da limpeza que a resgatou, a conseguiu infiltar no quartel-general que me paga o ordenado há 3 anos, e cuja sufocante segurança continua a perguntar-me, volta não volta, "para onde vou". o certo é que lá entrou e lá passou a noite no andar dos estúdios da rádio, acolhida primeiro pela antena 2, e adoptada depois pela 3. na noite de 13 de agosto do ano passado a bobina já dormia cá em casa, à experiência, e por não ter onde dormir. a experiência acabou por se revelar um pouco mais duradoura, e uma das melhores da minha vida. estive 15 dias longe dela e não houve um em que não me apetecesse regressar para a vir buscar. fui hoje, finalmente. e por mais que continue a gostar de viajar e de andanças constantes por aqui e por ali, cheguei à conclusão que nesta fase da minha vida é aqui que me sinto bem. com os pés assentes na terra e com a bobina debaixo d'olho e ao meu lado. para todo o lado.
o pêlo está mais comprido, está mais gorda, cheira a cãozinho... fez-me a maior festa do mundo quando me viu, saltou para dentro do carro assim que apanhou a porta aberta, correu para a porta do prédio à chegada, e abanou o rabo até à porta de casa. correu para a taça da água, para o quintal, e desarrumou em poucos minutos todos os brinquedos que nestas semanas estiveram intactos dentro da cama da cozinha. agora dorme profundamente. está em casa.

4 comentários:

Anónimo disse...

Rendo-me. Isto e mto bonito.
Tu "nao" existes.

...Pfhhhh...

lisabel disse...

:-)

Está ela (em casa) e estás tu.

«Turns out not where but who you're with that really matters» - lembras-te disto? : )

mary-john disse...

uma verdade universal que já cantei a plenos pulmões e que fará sempre todo o sentido :)

posto isto, acho que as minhas férias serão pelas redondezas!

...eu já não existo é sem a bobina :)

lisabel disse...

:-)))

No fim-de-semana, se quiseres, apita! Estarei pelos Arneiros :-)