quinta-feira, outubro 11, 2007

the state of things...

gosto muito dos reverend and the makers. a primeira vez que ouvi o "heavyweight champion of the world" foi no carro. estava na marginal, sentido cascais-lisboa. levei como que um estaladão mental na altura. acordei do mundo que não existe e em que me perco bastas vezes quando conduzo na marginal. o meu maior problema na altura era perceber o que estava a tocar. o desconforto de não conseguir saber o que era no momento ainda durou um dia ou dois. se o single é acelerado, o disco em si funciona em mim como uma espécie de bateria que não descarrega. e gosto que me façam lembrar os charlatans no tema "open your window", porque me faz ir recuperar discos que não oiço há demasiado tempo. e acho piada que a batida inicial da faixa "machine" me leve de volta aos offspring de 1994 - "come out and play".

john mcclure tem 25 anos e é o líder dos reverend and the makers. na uncut deste mês dizem que gosta que ser visto como uma espécie de Manu Chao de Sheffield - e diz isto no sentido de ambos terem como principal objectivo espalhar mensagens positivas. da parte que me toca, mission accomplished.

esta malta é, portanto, de sheffield, amigos dos arctic monkeys. curiosamente não vou à bola com os arctic monkeys. mas também não sou de sheffield nem tenho de ser amiga deles. gosto do mcclure e pronto.


orelhas de burro:

reverend and the makers - the state of things - 2007

Sem comentários: